Horizontal 01

Líder do governo defende que Executivo não entre no debate de taxar armas com 'imposto do pecado'

O líder do governo na Câmara dos Deputados, José Guimarães (PT-CE) afirmou nesta terça-feira (9) que defende que o Executivo não entre no debate sobre incluir armas de fogo na lista dos produtos taxados pelo Imposto Seletivo (IS) na regulamentação da reforma tributária.

Por Carnauba News em 09/07/2024 às 13:55:40

Foto: edup.ecowas.int

O líder do governo na Câmara dos Deputados, José Guimarães (PT-CE) afirmou nesta terça-feira (9) que defende que o Executivo não entre no debate sobre incluir armas de fogo na lista dos produtos taxados pelo Imposto Seletivo (IS) na regulamentação da reforma tributária.

Leia mais (07/09/2024 - 12h57)
Comunicar erro
Horizontal 02

ComentĂĄrios

Horizontal 03